21.8.06

É tempo de paz e esperança...

No dia do encontro de educadores dos CECs na mesa de debate dos adolescentes, padre Júlio Lancellotti propôs que crianças e adolescentes fizessem cartas para as crianças palestinas e israelitas com um pedido de paz.

Ou seja, uma contra onda como diz o padre Júlio Lancellotti, todos os educadores se propuseram a ajudar nesse ato humano. Foi proposto que as cartas fossem entregues a UNESCO onde encaminhariam a representantes do Líbano e de Israel.

No dia 14 de agosto no Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto aconteceu uma reunião onde estavam presentes educadores e crianças dos CECs , padre Júlio Lancellotti,alguns integrantes do CEDOC e Gabriela da UNESCO. Houve uma mobilização das crianças contando um pouco da violência que elas vivenciaram de alguma forma:”o principal lugar de conforto é dentro das entidades” contam as crianças. Foram apresentadas algumas cartas já prontas. Essas cartas foram escritas e desenhadas de várias maneira, porém com um só objetivo: PAZ.

Quinta-feira dia 17 de agosto foi entregue por crianças nas mãos de Âmbar representante da unesco 2000 cartas, onde ficou garantido que as mesmas chegariam nas mãos das crianças dos países na guerra. Porém elas não conseguirião ler, poucos paises falam nosso idioma, mas os desenhos representam claramente o pedido de paz...

Talita Flavia



3 comentários:

parabésnss!!!! disse...

PARABÉNS!

Laura disse...

Mensagens de paz são sempre boas. É importante também conhecer bem as questões de guerra, e respeitar a soberania dos países, intervindo de forma consciente (e só quando necessário), para conseguir de fato a tão sonhada paz.
Parabéns pelo texto, futura jornalista! ;-)

um beijo,
Laura.

talita flavia disse...

obrigada e peço que visite mais vezes o nosso blog,estamos ligadas em tudo que acontece para manter informado nossos visitantes