17.4.07

Análise do filme “Filadelfia”
O filme Filadélfia foi o primeiro filme a tratar sobre o tema HIV, o ator que fazia o personagem principal era o Tom Hanks, ele era homossexual e vivia com AIDS, o filme foi gravado nos EUA no ano de 1993, ele relata o preconceito que as pessoas sofriam na época.
O personagem foi demitido por ser soropositivo, então ele procurou advogados para defender sua causa e processar a empresa, mas ninguém queria defende-lo, por ele ser homossexual, até que um advogado resolveu aceitar a causa, mas no julgamento eles começaram a ver mais o lado da sexualidade ao invés da questão do motivo da demissão.
Mostra uma total ignorância das pessoas, e o preconceito sofrido no emprego, além da falta de informação que tinham na época.


Por várias as vezes no filme foi colocado que ele era obrigado a dizer que era soropositivo, hoje já existe a lei que defende o portador a omitir que tem HIV/AIDS
Hoje em dia os portadores do vírus não podem ser demitidas por isso, mas mesmo assim pode haver o preconceito na empresa, de várias as formas.
Na época o filme teve uma grande repercussão, com todo o público, principalmente com os gays que ficaram revoltados com os preconceitos sofridos pelo personagem.
Hoje em dia acreditamos que esse preconceito diminui, mas ainda precisa melhorar muito.

Juliana
Rafael

2 comentários:

Bruna Cíntia Felix disse...

Eu achei muito interessante, porque o preconceito na quela época era muito forte para quelas pessoas, porque se vc trabalha-se em uma firma e o seu chefe descobrise que vc para soropositivo, até timandava embora. Mais se a pessoa correr atras dos seus direitos, pode entrar com processo.
Agora hoje em dia se a pessoa é soropositiva, e vc trabalha em uma firma, e o seu patâo descobri ele nâo tem o direito de te manda embora por causa da doença, se ele fisser isso vc pode entra com processo.

Estefany disse...

Esse filme é excelente nos ensina muita coisa, e mostra como era o preconceito na epoca que descubriram o Hiv era muito dificil pra quem tinha, e ainda continua sendo, mas nós estamos na luta por um mundo melhor pra os soropositivos e pra nós tbm pois tds merecemos...
Bjuuuuuuuuuuuuusssssssssssssssss assistam esse filme é muito bom msm